Câmara Municipal de Mogi das Cruzes

Câmara aprova “Votos de pesar” pela morte do ex-vereador Antonio Lino da Silva

Câmara aprova “Votos de pesar” pela morte do ex-vereador Antonio Lino da Silva

A Câmara - 07/11/2023

Em sessão ordinária nesta terça-feira, 7, a Câmara Municipal de Mogi das Cruzes aprovou o Requerimento n° 177/2023, que concede “Votos de Pesar” pela morte do ex-vereador Antonio Lino da Silva, aos 66 anos, ocorrida no dia 5 de novembro, no Hospital Salvalus, em São Paulo, onde estava internado desde 13 de outubro, para tratar uma leucemia mieloide aguda. A homenagem póstuma é assinada pela totalidade de vereadores.

Antonio Lino da Silva nasceu em Cambé, Paraná, em 10 de julho de 1957. De origem humilde, “pé vermelho”, como gostava de dizer, mudou-se para a cidade de Assis Chateaubriand (PR), onde trabalhou desde cedo na lavoura de café, ao lado da família – seus pais e oito irmãos.

Em busca de uma vida melhor, em 1977 migrou para Mogi das Cruzes. Trabalhou na fábrica de linhas de costura Gutterman e na indústria Aços Anhanguera (atual Aços Villares). Lino também foi empresário no ramo de telecomunicações.

Com um pequeno caminhão, Lino começou a desenvolver extenso trabalho social com a comunidade do Distrito de Braz Cubas. Foi nessa época que chamou a atenção daquele que viria a se tornar seu padrinho político, o ex-vereador Nicolau Lopes de Almeida, que o conduziu à vitória em sua primeira campanha, em 1988.

Lino foi vereador por Mogi das Cruzes sete vezes, nos seguintes mandatos: janeiro de 1989 a dezembro de 1992; janeiro de 1993 a dezembro de 1996; janeiro de 1997 a dezembro de 2000; janeiro de 2001 a dezembro de 2004; janeiro de 2005 a dezembro de 2008; janeiro de 2013 a dezembro de 2016 e janeiro de 2017 a dezembro de 2020.

Entre sua longa atuação como parlamentar, destacam-se as presidências do legislativo mogiano, em 1996 e 1997, quando criou a Galeria dos Presidentes da Câmara e em 2015, quando participou da instalação da TV Câmara de Mogi das Cruzes (canal 3.2), a qual inaugurou ao lado dos demais vereadores.

O político participou das gestões dos ex-prefeitos Waldemar Costa Filho (a 3ª e a 4ª), Francisco Ribeiro Nogueira, Manoel Bezerra de Melo, o Padre Melo, Junji Abe, Marco Bertaiolli e Marcus Melo. Lino estava filiado ao PSD.

O ex-vereador falecido tinha intensa atuação no âmbito da construção de pontes entre a iniciativa privada e os trabalhadores, ajudando e sendo parceiro na implantação de várias indústrias em Mogi.

Paralelo a isso, também exercia forte atividade no âmbito da assistência social, na iniciativa privada, como empreendedor do ramo imobiliário, além de ter sido radialista com registro oficial.

Casado com Lucelena Cristina Bertin, Antonio Lino deixou uma filha do primeiro casamento, Camila Thalita Lino da Silva, 34, estudante de Medicina.

“Ontem foi um dia de profunda tristeza para esta Casa e para o meu partido, o PSD. Tive a honra de exercer um mandato de vereador junto com o Antonio Lino, paraense de Cambé e mogiano de coração, onde fez a sua história e construiu a sua trajetória política”, pontuou Edson Santos (PSD).

“Esta casa hoje está mais triste. A gente sabe o quanto Antonio Lino foi importante para Mogi das Cruzes. Uma pessoa muito querida e que conhecia os quatro cantos desta cidade. Lino realmente defendia aquilo que acreditava, os bons propósitos, as boas ideias”, complementou Maurinho do Despachante (PSDB).

“Convivi oito anos com o vereador Antonio Líno. Tínhamos divergência de pensamentos, mas sele sempre soube respeitar todas as visões políticas. Tinha uma grandeza espetacular”, ressaltou Iduigues Martins (PT).

“Foi um grande conhecedor da cidade de Mogi das Cruzes e contribuiu muito para o crescimento do município. Para mim foi um privilégio dividir esse plenário com ele”, afirmou Francimário Vieira Farofa (PL).

“Foi um vereador que esteve na Câmara durante sete mandato e foi um político aprovado pela sociedade. Por onde passamos ouvimos falar sobre o Antonio Lino. Todas as pessoas gostavam do Lino por sua atuação”, lembrou Osvaldo Silva (REP).

O presidente da Câmara Municipal, Marcos Furlan (Pode), usou a tribuna para lamentar pelo falecimento de Antonio Lino. “Um vereador muito atuante, um vereador de rua que andava nos quatro cantos da cidade. Foi um político que vai fazer falta e que a gente vê que não existe em abundância. A gente conversava bastante”, afirmou.

Vereadores Relacionados

#AntonioLinodaSilva

Mais Categorias

  • Vereadores
  • A Câmara
  • Honra ao Mérito
  • Prefeitura

Mais sobre vereadores

  • PEDRO HIDEKI KOMURA
  • OTTO FÁBIO FLORES DE REZENDE
  • IDUIGUES FERREIRA MARTINS
  • CARLOS LUCAREFSKI
  • CLODOALDO APARECIDO DE MORAES
  • MARCOS PAULO TAVARES FURLAN
  • JOSÉ FRANCIMÁRIO VIEIRA DE MACEDO
  • MAURO MITSURO YOKOYAMA
  • EDSON DOS SANTOS
  • MAURO DE ASSIS MARGARIDO
  • FERNANDA MORENO DA SILVA
  • MARCELO PORFIRIO DA SILVA
  • VITOR SHOZO EMORI
  • EDUARDO HIROSHI OTA
  • JOHNROSS JONES LIMA
  • JOSE LUIZ FURTADO
  • EDSON ALEXANDRE PEREIRA
  • JULIANO MALAQUIAS BOTELHO
  • MILTON LINS DA SILVA
  • MAURINO JOSÉ DA SILVA
  • INÊS PAZ
  • OSVALDO ANTONIO DA SILVA
  • MARIA LUIZA FERNANDES

Mais #Hashtags

#AntonioLinodaSilva#GuardaMunicipal#SantaCasa#Prefeitura##israel #palestina #guerra##combateracismo#associaçaocomercial#Associação de Profissionais de Propaganda do Alto Tietê#Delegacia24h#LOA2024#parlamentoestudantil#guardamunicipal#GM#PolíciaCivil#EDP